03 de Fevereiro de 2016

Dicas para evitar a intoxicação alimentar no verão

Em: Dicas
1691

A carne deve ser a última parada do mercado e ir da prateleira direto para o seu refrigerador 

Com as altas temperaturas do verão, é preciso estar atento ao manuseio, cozimento e armazenamento da comida, pois as bactérias adoram o tempo quente. Para evitar que você, a sua família e amigos peguem uma intoxicação alimentar que pode acabar com um final de semana ou trazer consequências mais sérias, siga essas dicas. 

1. Descongele totalmente a carne antes de levá-la ao fogo

É muito importante descongelar completamente a carne antes de levá-la ao fogo, especialmente se irá fazer um churrasco ou grelhar. A carne deve ser descongelada para que não fique com pontos ainda congelados que não serão bem cozidos ou assados, permitindo que bactérias sobrevivam ao fogo. 

É por isso que toda a carne deve ser bem assada e se você quer economizar tempo na churrasqueira ou no grill, leve-a previamente ao microondas ou ao forno. 

2. Tenha cuidado ao manejar carne crua

Sempre lave bem as mãos após manejar a carne crua, pois você pode estar transportando bactérias com as mãos sujas de sangue ou partículas da carne. Também lembre de não colocar carnes já assadas nos mesmos pratos reservados para as carnes cruas, a não ser que eles estejam bem limpos e não tenham resíduos de sangue. 

Além disso, a carne deve ser descongelada dentro da geladeira, não em temperatura ambiente. O mesmo vale para marinadas: sempre deixe a carne descansar dentro da geladeira, nunca no balcão ou pia da cozinha. 

Em relação às marinadas, é importante lembrar que você não deve reutilizar o líquido. Uma vez retirada a carne da marinada, jogue-a fora. 

3. Deixe os condimentos na geladeira até a hora de servir

Por mais que facilite montar a mesa antes de começar a servir, condimentos como ketchup, mostarda, maionese e similares devem ser mantidos refrigerados até a hora de servir ou serem utilizados na receita. E assim que forem usados, devem ser guardados novamente na geladeira. 

4. Carnes e congelados devem ser a última parada no mercado

Mesmo que você tenha que caminhar um pouco mais, deixe para pegar a carne e outros alimentos congelados por último no mercado. Além disso, esses produtos devem ir do mercado diretamente para o refrigerador da sua casa - se você tiver que fazer outras paradas após o mercado, leve um cooler para manter esses alimentos frios. 

5. Mantenha a comida refrigerada ou bem quente

Independentemente do que você esteja preparando, seja um prato principal ou lanches, mantenha os alimentos bem refrigerados ou bem quentes no forno ou panela. Nenhum alimento deve ficar mais do que duas horas em temperatura ambiente para não proliferar bactérias. 

Sabemos que seguir essas dicas até pode ser um incômodo, mas lembre-se, a sua saúde em primeiro lugar! 

Tags

Comentários